Início Notícias Pescadores protestam contra Belo Monte e fecham Transamazônica

Pescadores protestam contra Belo Monte e fecham Transamazônica

Pescadores 1

Por volta da 21:30 h da noite desta segunda, 12, cerca de 150 pescadores das colônias de pesca de Altamira, Vitória do Xingu, Porto de Moz e Senador José Porfírio iniciaram um grande protesto contra a falta de negociação e indenizações por parte do Consórcio Norte Energia, responsável pela usina de Belo Monte.

De acordo com o presidente da colônia de Porto de Moz, Laercio Farias, na entrada do canteiro de Belo Monte os pescadores foram recebido pela Força Nacional de Segurança, que atirou balas de borracha e gás lacrimogêneo. “Ficou muita gente machucada nas pernas e nos braços. Levamos os feridos para a vila de Belo Monte, perto daqui”.

O repórter da Rede TV de Altamira, Felype Adms, também foi atingido no peito. Em seu faicebook, Adms relata que “uma guarita foi incendiada, pescadores ficaram feridos com tiros de bala de borracha, bombas de efeito moral e gás lacrimogêneos foram lançados para tentar dispersar a multidão. Por duas vezes a Força Nacional recuou e foi apedrejada”. Em retaliação, os manifestantes queimaram quatro ônibus da empresa.

pescadores 3

Desde a manhã desta terça, os pescadores resolveram fechar a rodovia Transamazônica em vários pontos, interrompendo completamente o trafego de automóveis. “Estamos com pescadores em quatro pontos estratégicos de acesso às obras. E vamos ficar por tempo indeterminado, até que um representante do governo e outro da Norte Energia venha aqui negociar conosco”, afirma Farias.

Segundo os pescadores, nenhuma negociação de indenização pela perda de locais de pesca e pela diminuição drástica da produção foi cumprida pelos empreendedores de Belo Monte. “Hoje de manhã um representante da empresa disse que eles só negociariam se a gente saísse daqui. Não aceitamos e vamos ficar até que venham conversar conosco no local do protesto”, explica o presidente da colônia de Porto de Moz, que veio com cerca de 200 homens.

pescadores 2


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*


Últimas notícias

Banzeiro, o novo podcast do Movimento Xingu Vivo

A partir de julho de 2020, o Movimento Xingu Vivo para Sempre passa a produzir o podcast Banzeiro, para falar de coisas...

Projeto Belo Sun coloca Amazônia brasileira em risco de contaminação

ISA - Uma avaliação técnica concluiu que a mina de ouro que a empresa canadense Belo Sun Mining pretende instalar na Volta...

Debate Amazônia em conflito: quem põe preço e quem dá valor – a disputa entre os predadores e os povos da floresta

A Amazônia sempre esteve em disputa entre os que a parasitam e aqueles que nasceram nos territórios e deles vivem. Há...

Projeto de mineração Belo Sun é inviável, aponta estudo técnico

Em apenas sete minutos, um volume de aproximadamente 9 milhões de metros cúbicos de rejeitos tóxicos podem atingir o rio Xingu, no...