Início Notícias Justiça Federal exige mais informações sobre Belo Monte

Justiça Federal exige mais informações sobre Belo Monte

A Justiça Federal do Pará informou hoje que o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a empresa concessionária Norte Energia serão notificados para prestar esclarecimentos, até o fim da próxima semana, sobre a licença ambiental que autoriza a construção do canteiro de obras da usina de Belo Monte, no rio Xingu (PA) (Valor Online, 28.01.2011).

De acordo com a Seção Judiciária do Pará, a determinação partiu do juiz federal Ronaldo Desterro, que analisa a ação civil pública proposta pelo Ministério Público Federal do Pará (MPF-PA). O MPF-PA solicitou ontem a suspensão imediata da licença parcial concedida na última quarta-feira (26) pelo Ibama. O processo está tramitando na 9ª Vara Federal.

As notificações foram feitas por meio de cartas precatórias, instrumento processual que autorizada um outro juiz, fora do Estado, a recolher as informações e remetê-las à Justiça Federal em Belém. A notificação do Ibama será feita em Belém. Já o BNDES será notificado no Rio de Janeiro e a Norte Energia, responsável por construir a usina, em Brasília (DF).

Somente depois que receber as explicações é que a 9ª Vara vai decidir se concede ou não a liminar. Na ação, o MPF alega que a licença expedida pelo Ibama é ilegal, porque não foram atendidas as pré-condições estabelecidas pelo próprio instituto para o licenciamento do projeto, tais como a recuperação de áreas degradadas, preparo de infraestrutura urbana, iniciativas para garantir a navegabilidade nos rios da região, regularização fundiária de áreas afetadas e programas de apoio a indígenas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*


Últimas notícias

Protesto contra Norte Energia na Transamazônica termina com demandas enviadas ao MPF

Depois de cinco dias de ocupação e trancamento da Transamazônica na altura do km 27, a manifestação de pescadores, ribeirinhos, agricultores e...

Amazon Communities Protest to Maintain the Xingu River Alive

Foto: Lilo Clareto This Monday morning (11/09), over 150 representatives of fishermen, riverbank communities, family farmers and the...

Comunidades de 5 municípios trancam a Transamazônica por liberação de água no Xingu

Na manhã desta segunda, 9, cerca de 150 pescadores, ribeirinhos, pequenos agricultores e indígenas Curuaya e Xipaya dos municípios de Altamira, Senador...

Banzeiro, o novo podcast do Movimento Xingu Vivo

A partir de julho de 2020, o Movimento Xingu Vivo para Sempre passa a produzir o podcast Banzeiro, para falar de coisas...