Início Notícias Dilma e Lula enfrentam protesto em Portugal

Dilma e Lula enfrentam protesto em Portugal

Pouco mais de uma dezena de jovens estudantes esperava a chegada da Presidente do Brasil e do ex-chefe de Estado brasileiro à Universidade de Coimbra para mostrar o descontentamento quanto à futura construção da barragem de Belo Monte, na Amazónia (Agencia Lusa, 30.03.2011).

Os estudantes exigem a defesa da Amazónia e por isso pediram a Dilma Roussef para que pare a construção da barragem.

À Lusa, uma estudante brasileira disse que esta era a forma dos cerca de 15 estudantes brasileiros e alguns portugueses mostrarem a sua preocupação com a construção daquela barragem e com as questões ambientais.

Belo Monte é uma barragem gigante na Amazónia brasileira e está a gerar polémica devido aos eventuais danos ambientais. As obras começaram no início deste mês e trata-se de um antigo projecto do governo do Brasil. Deve estar concluída em 2014 cujo objectivo é fornecer 11 por cento da energia instalada no Brasil.

Belo Monte deverá transformar-se na terceira maior barragem do mundo com capacidade de 11.233 megawatts.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*


Últimas notícias

Organizações denunciam Belo Sun à Comissão de Valores Mobiliário no Canadá por mentir a acionistas

Um grupo de organizações nacionais e internacionais divulgou nesta quinta, 19, uma carta de denúncia enviada à Comissão de Valores Mobiliário de...

Belo Monte aumentou emissões de gases-estufa no Xingu em cerca de 3 vezes, diz estudo

Por Folha de São Paulo - Cercada de críticas desde o início do seu projeto, a usina hidrelétrica de Belo Monte gerou...

Justiça cancela acordo do Ibama com a Norte Energia sobre uso da água da Volta Grande do Xingu

Por MPF - A Justiça Federal cancelou o termo de compromisso entre o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) e a...

Punição para a cadeia de culpados pela violência contra a nação Munduruku

Esta quarta, 26 de maio, foi um dia terrível. Criminosos ligados ao garimpo que invade, destrói, empesteia e mata no território Munduruku,...