Início Notícias ONGs entram com pedido na OEA contra usina de Belo Monte

ONGs entram com pedido na OEA contra usina de Belo Monte

ONGs (organizações não governamentais) críticas à hidrelétrica de Belo Monte (PA) entregaram à Comissão Interamericana de Direitos Humanos da OEA (Organização dos Estados Americanos) um pedido para a entidade recomendar ao governo brasileiro o fim das obras da usina (Folha Online, 16.06.2011).

A petição é semelhante à que gerou, em abril, recomendações da Comissão para que o processo de licenciamento ambiental de Belo Monte fosse suspenso.

O governo federal não seguiu aquelas recomendações e resolveu dar a licença de instalação, que permitiu o início da obra.

Ambos os pedidos podem acabar gerando uma condenação na Corte Interamericana de Direitos Humanos, espécie de instância superior à Comissão.

A nova petição das ONGs cita a pouca consulta aos índios da Volta Grande, área do rio Xingu afetada pela usina, e as consequências do projeto para a “saúde, meio ambiente, cultura e o possível deslocamento de comunidades indígenas”, segundo nota da ONG Xingu Vivo Para Sempre.

De acordo com a nota, “o projeto de Belo Monte já está criando um ambiente de conflitos na região de Altamira, inclusive com ameaças de morte.”

A usina é também questionada em diversas ações na Justiça Federal, movidas pelo Ministério Público Federal.

5 COMENTÁRIOS

  1. O Brasil inteiro está contra a usina de Belo Monte.
    Será que esse governo quer deixar para as futuras gerações um Brasil arido, um verdadeiro deserto.

  2. Não consigo acreditar que um presidente pode considerar uma obra dessa um avanço.
    Entendo por que "eles" acham que a Luisa Helena era radical, mas com esses hipócrita não tem que ter conversa mesmo.
    Diga Não a Belo Monte de Problemas!!!!

  3. Algum de vocês já pisou em Altamira, Sao Felix do Xingu ou já visitou a área? Deixem de ser hipócritas e estudem o empreendimento antes de ir na conversa dos outros. A obra é importante para o Brasil e não está causando impacto como dizem. Óbvio que mudanças ocorrerão, mas para melhor. Vejam a vida miserável daquele povo e entendam o que estou afirmando. Conheço a área desde 2009, era horrivel, hoje está em pleno desenvolvimento.Ninguém vai se ferrar como ignorantes afirmam; quem trabalha pelo progresso tem mais é que ganhar dinheiro sim. Hoje em dia as leis e as cobranças tem sido bem realizadas e o desenvolvimento sustentável está sendo realizado. Quem pode se manifestar aqui é quem conhece de fato o que está falando.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*


Últimas notícias

Banzeiro, o novo podcast do Movimento Xingu Vivo

A partir de julho de 2020, o Movimento Xingu Vivo para Sempre passa a produzir o podcast Banzeiro, para falar de coisas...

Podcast BANZEIRO

A partir de julho de 2020, o Movimento Xingu Vivo para Sempre passa a produzir o podcast Banzeiro, para falar de coisas importantes para...

Projeto Belo Sun coloca Amazônia brasileira em risco de contaminação

ISA - Uma avaliação técnica concluiu que a mina de ouro que a empresa canadense Belo Sun Mining pretende instalar na Volta...

Debate Amazônia em conflito: quem põe preço e quem dá valor – a disputa entre os predadores e os povos da floresta

A Amazônia sempre esteve em disputa entre os que a parasitam e aqueles que nasceram nos territórios e deles vivem. Há...