Início Notícias Entidades atacam secretário da OEA sobre usina de Belo Monte

Entidades atacam secretário da OEA sobre usina de Belo Monte

O secretário-geral da OEA, José Miguel Insulza, recebeu ontem carta de protesto de 81 organizações de 17 países por dizer que o Brasil não tem de acatar a recomendação do braço da organização contra a construção da hidrelétrica de Belo Monte (Folha de São Paulo, 13.05.2011).

Insulza disse à rede britânica BBC, no começo deste mês, esperar que a Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) reveja sua decisão de pedir a suspensão das obras. Segundo ele, o Brasil não está rompendo nenhum tratado e “não fez nada condenável” ao desobedecer, pois o pedido não é vinculante.

A comissão é ligada à OEA (Organização dos Estados Americanos), mas é independente para emitir opiniões.

A presidente Dilma Rousseff retaliou a CIDH, ameaçando tirar o Brasil do órgão, suspendendo repasse de US$ 800 mil e convocando o embaixador na OEA de volta.

Na carta, as 81 organizações afirmam que as medidas da CIDH “se converteram em uma das ferramentas mais importantes para a proteção dos direitos dos habitantes do continente” e que deviam ser consideradas vinculantes.

O Ministério Público Federal no Pará enviou na quarta-feira um documento ao presidente do Ibama, Curt Trennepohl, pedindo que o órgão não conceda a permissão de instalação para a usina de Belo Monte até que todas as condicionantes da licença prévia sejam cumpridas.

2 COMENTÁRIOS

  1. Agiu com firmeza a Nossa Presidenta. A Usina de Belo MOnte agora passou a ser uma questão de Soberania Nacional a sua construção. Pois se o Brasil ficar novamente subserviente a opiniões e "pitacos" externos, daqui uns dias eles vão impedir que se plante e colha nesse País, para que sejamos sempre dependentes "Deles". A nossa matriz energetica é limpa e temos ecnologia suficiente para muito mais. A Presidente deveria era botar o Exército e as Forças Nacionais para de uma vez por todas toamr conta da Nossa Amazonia e colocar uam fiscalização rigorosa nessa ONG's.

  2. The brazilian government is correct, cause several "Ongs" are corrupted. This is a way to dominate the actions of a foreign country that needs development that region to protect the jungle. Poor people without eletric power generate poluition and destroy the environment. The indian tribes in Brazil act together the objectives of this "wrONG" organizations.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*


Últimas notícias

Belo Monte aumentou emissões de gases-estufa no Xingu em cerca de 3 vezes, diz estudo

Por Folha de São Paulo - Cercada de críticas desde o início do seu projeto, a usina hidrelétrica de Belo Monte gerou...

Justiça cancela acordo do Ibama com a Norte Energia sobre uso da água da Volta Grande do Xingu

Por MPF - A Justiça Federal cancelou o termo de compromisso entre o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) e a...

Punição para a cadeia de culpados pela violência contra a nação Munduruku

Esta quarta, 26 de maio, foi um dia terrível. Criminosos ligados ao garimpo que invade, destrói, empesteia e mata no território Munduruku,...

Garimpeiros atacam e incendeiam aldeia de liderança Munduruku contrária ao garimpo no Tapajós (PA)

Do MPF - Um grupo de garimpeiros armados atacou nesta quarta-feira (26), no início da tarde, a aldeia Fazenda Tapajós, em...