Início Notícias Conversa fiada: o brilhantismo da ABIN e a credulidade de Paulo Henrique...

Conversa fiada: o brilhantismo da ABIN e a credulidade de Paulo Henrique Amorim

 

No último dia 5, o blog Conversa Afiada, do jornalista Paulo Henrique Amorim, publicou na íntegra um “documento sigiloso” da Agencia Brasileira de “Inteligência” (Abin) sobre Organizações Não Governamentais estrangeiras atuantes na campanha contra Belo Monte (o documento já havia sido mencionado em 19 de junho pelo colunista Ilimar Franco, no jornal O Globo).

De acordo com o Relatório de Inteligência 0251/82260/ABIN/GSIPR/9 MAIO 2011, “O projeto de construção da UHE Belo Monte em Altamira/PA tem enfrentado oposição de diversos segmentos da sociedade civil internacional em defesa dos direitos humanos e do meio ambiente”. Inegável verdade.

Desde a década de 1980, quando os povos indígenas iniciaram a luta contra a usina, a comunidade internacional tem sido um pilar importante na divulgação das ameaças e na defesa dos direitos humanos dos povos do Xingu. Começando com Sting, passando por James Cameron, desembocando na Corte Interamericana de Direitos Humanos.

O patético do último relatório da Abin é que as verdades que contém são mais do que públicas. Basta entrar no site do Movimento Xingu Vivo para Sempre e ver nos documentos e materiais audiovisuais quem são nossos parceiros e apoiadores. Não precisava o governo gastar dinheiro dos contribuintes com esta “investigação”.

Constrangedoras, porém, são as mentiras, pelas quais o contribuinte também paga. Desafiamos a Abin a comprovar que recebemos algum apoio de governos, por exemplo. E a lista das ONGs que supostamente nos financiam… Ficaríamos muito felizes se fosse verdade. Da uma sensação de vergonha alheia o fato de os arapongas do órgão de inteligência do nosso país construírem seus relatórios pelo Google, sem ao menos uma checagem básica dos fatos. Um estudante de jornalismo faria melhor.

Por outro lado, a Abin esqueceu de listar o Painel de Especialistas, a Associação Brasileira de Antropologia, o Inpa, a SBPC, departamentos da USP, da Unicamp, da UFPA, da UnB e dos mais diversos órgãos de pesquisa do país entre os críticos a Belo Monte. Mas claro, rastrear na internet todos os acordos de cooperação internacional destas instituições daria muito trabalho; e poderia resultar numa aterradora “descoberta” da existência de uma terrível “conspiração internacional” com o nefasto objetivo de defender ribeirinhos e indígenas no Xingu.

A bem da verdade, o relatório da ABIN não suscitou mais que comentários pouco elogiosos aos seus autores nas redes sociais. Dolorosos foram os comentários de Paulo Henrique Amorim, que num só fôlego ataca quem se opõe a Belo Monte e ao novo Código Florestal dos ruralistas. “Atacar Belo Monte e acusar o Código de ‘perdoar o desmatador’, e Belo Monte de ‘monstro’ que vai ‘destruir a floresta’, são a cara e a coroa dos mesmos interesses não-brasileiros”, diz PHA. Espera lá, o que têm de brasileiros a Alcoa, Cargill, Bunge, ADM, Monsanto, beneficiários da usina e de mudanças das leis ambientais?

Gostaríamos de convidá-lo, Paulo, a fazer uma visita a Altamira para subsidiar suas opiniões; um jornalista nunca deve acreditar cegamente em tudo que lhe contam, comenta-se nas redações. Mas marque sua viagem com antecedência, o vôo de 75 minutos Belém-Altamira já está custando entre R$ 600 e R$ 800. Também as diárias dos hotéis estão pela hora da morte, e é cada vez mais difícil achar vaga, a Norte Energia tem ocupado todos os quartos. Se quiser experimentar o delicioso pescado do Xingu, também nos avise porque temos que encomendar com dois dias de antecedência, o peixe está rareando por essas bandas. E se planeje para não depender de celular ou internet, isso não funciona muito bem por aqui. Infelizmente também não poderemos emprestar os nossos, porque muitas vezes ficamos sem crédito por falta de recursos… a despeito das “contribuições” de potências estrangeiras que a Abin diz que estariam nos financiando.

Para ler o post de PHA com o documento da Abin, clique em http://www.conversaafiada.com.br/politica/2011/07/05/abin-identifica-as-ongs-estrangeiras-que-boicotam-belo-monte/

Movimento Xingu Vivo para Sempre

12 COMENTÁRIOS

  1. É fácil bater, dificil se defender! Sempre atacando, agora os que se dizem ambientalistas encontraram alguém que vê o outro lado! Rsrs

    Concordo com o aumento das passagens aéreas (Trip), estão caras, mais se quiserem voar pela SETE ou META, a passagem custa R$250,00.

    Quanto ao peixe, nossa todo dia como Tucunaré, quem quiser pode comprar no Pepino e na rua da Peixaria, R$10,00 o quilo, isso sim é uma facada.

    Realmente todos sabem que os opositores a Belo Monte são financiados pelos gringos, o que o pessoal não sabe é que os líderes dessas Ongs em Altamira são do partido da Dilma Roussef.

    Ops! Se isso for publicado vai dar problema… Não tranquilo, são 7 tendências, esqueci são 6, Psol não está mais. Rsrs

  2. Na verdade,meu caro, se você tivesse tido o mínimo de trabalho para pesquisar,teria visto que comprada sem antecedência uma passagem para o destino citado e pelas agências citadas, não custaria 250 reais, mas 860 reais. Pouco diferente do valor que declarara em seu comentário,com certeza sem qualquer respaldo de confiabilidade.

    " Data: 8/7/2011
    Partindo de: Belém (BEL)
    Chegando em: Altamira (ATM)

    Vôo Tarifa Partida Chegada Aeronave Conexão Escalas
    6413 YSETE – R$ 860,00 BRL Belém
    8/7/2011 13:45:00 Altamira
    8/7/2011 14:50:00 EMB120 0 0 "

    Novamente tenho que voltar a discordar de sua opinião,tendo em vista que o Psol tem grandes representantes envolvidos em reivindicações políticas, as quais não apenas representam setores do partido comprometidos com exigibilidades dentro da Câmara, a níveis regionais e diante do STF, como simbolizam também parcelas da sociedade. Julgar o partido pelo seu nome e se esquecer que existem correntes internas e representantes que compõem-no favoravelmente constitui um grande erro.

  3. Não e de desconhecimento de ninguém que este sr. Pha e chapa branca.
    Tudo que se escreve no site dele contra o senso dele nunca e publicado.
    E de se estranhar a defesa sistemática que ele faz ao agronegócio , aos ruralistas , as empreiteiras e as multinacionais.

  4. O Movimento Xingu Vivo é a mais pura expressão de que quando o povo se organiza, petuba os donos do poder. As manifestações da ABIN são conhecidas e, por falta do que dizer, acusam ONGs, pastorais e movimentos de tramarem contra o Brasil e serem financiadas, para isso e por causa disso, por empresas e países estrangeiros. Vejam vocês, o capitalismo financiando ações contra as obras de interesse do própio capitalismo, pode?

    Visitem meu blog: http//:lindomarpadilha.blogspot.com Vou adcionar vocês.

    Bom trabalho

    Lindomar Padilha

  5. Esse jornalista de quinta e os que o seguem são camarilha do governo. Diga-se de passagem que ele é do mesmo partido do deputado que destruiu o Código Florestal e que também usa essa conversinha da ditadura sobre ongs estrangeiras desejosas por se apossarem da Amazônia (argumento fraco, também usado em outros países da América do Sul para a construção de projetos antiambientais na Amazônia). São justamente eles que, apoiando o grande agronegócio, vendem-se e querem vender nosso país às transnacionais como a Monsanto, Cargill, além das transnacionais ligadas à mineração e à indústria eletrointensiva (como a moto Honda) que pretende se benficiar de Belo Monte (aliás os únicos beneficiários dessa usina indecente). http://www.correiocidadania.com.br/index.php?opti

  6. Uai!

    Neste "documento sigiloso" consta a seguinte frase:
    " 'Todo aquele que tiver conhecimento (…) de assuntos sigilosos fica sujeito às sanções administrativas civis e penais decorrentes da eventual divulgação dos mesmos.' (parágrafo 1º do art. 37 do decreto nº 4.553, de 27 de dezembro de 2002.)"

    Então podemos supor que o PHA teve acesso privilegiado a documentos sigilosos e está cometendo crime ao divulgá-los pelo blog????

    Cadê o Ministério Público para questionar isso???

  7. Seria engraçado se nao fosse tragico! Sou natural de Manaus e acabo de ler um livro escrito por Jose Porfirio F. de Carvalho ( waimiri Atroari – a historia que ainda nao foi contada – foi escrito na época da ditadura no Brasil que permitiu a criaçao da rodovia Br 174, que dividiu a reserva ao meio, de uma represa chamada Balbina, que alagou 1 terço da réserva, e a exploraçao em territorio indigena de minerios pela Paranapanema diminuindo ainda do restante em 30% essas terras. Hoje dizem que a ditadura é coisa do passado mas o que eu vejo sao as mesmas decisoes tomadas arbitrariamente sem um consenso das populaçoes locais. Gostaria de ver a sociedade brasileira tomar parte desse combate contra essa ditadura, ja sairam mais de 2 ministros demissionados por nao estar de pleno acordo com isso, agora vem esse outro ministro fantoche assinar uma lei que da direito a exploraçao da bacia fluvial do Xingu, esse mesmo que foi posto no cargo para defender o MEIO AMBIENTE e nao os interesses economicos nacionais e estrangeiros, ja tem ate as empresas que vao financiar as turbinas, GDF Suez empresa francesa que é parceira da Eletromorte.

  8. Falando sobre esse codigo florestal, é muito dificil debater contra um codigo como esse quando tem muito representante do povo la em Brasilia que sao latifundiarios donos de vastas terras e que irao claro se beneficiar desse novo codigo. Em todos os lugares do mundo os paises ditos civilizados respeitam umas coisas que se chama Leis, Direitos, e acima de tudo CONSTITUIçAO, aqui no Brasil nossos representantes sao os primeiros a nao respeita-la e ainda por cima modifica-la segundo os seus proprios interesses, por que sera que as pessoas mais ricasdo Brasil querem ser politicos? Para ajudar o povo?
    Esse codigo veio para transformar a Amazonia em terra da Maggi ou da Monsanto, Cargill, etc.

  9. Muito interessante ver pessoas cegas de raiva por um relatório da Abin. Quem leu com atenção o documento facilmente percebeu que o relatório de inteligência em momento algum foi parcial. Simplesmente relatou o que é verdade. Disponível na internet ou não, fez um relatório que encaminhou aos possíveis tomadores de decisão. Este é o trabalho da Agência.

  10. Brasileiros
    Vamos acordar! Se querem energia para todos, Belo Monte é imprescindível.
    – Conhecer a História nos ajuda a compreender o presente: já no Brasil colônia os norte americanos quiseram dominar a Amazonia, lembram?
    Depois, na Guerra da Borracha, onde foram rechaçados por Plácido de Castro num confronto onde morreram 17 soldados norte americanos.
    Isto nos faz compreender porque tanta ONG norte americanas empenhadas em financiar campanhas contra o desenvolvimento do Brasil.

    • Isso que eu penso tambem! Temos de olhar também o lado bom, afinal tudo vai ter seus prós e contras. O novo Código é absurdo, na minha opinião, mas a Usina faz parte de um processo necessário para o bem da população no geral. Na minha opinião o maior problema é quem está por detrás dela, não o que ela vai causar (pois isso já é bem estudado e o desmatamento para o pasto é um problema maior do que a área da Usina). Isso é parte do processo de colonização passiva do imperio capitalista e eventualmente vão surgir a mais bolhas e crises perpétuas. É um sistema bancário falho que não funciona a longo prazo,
      Acho que é que é muito injusto termos sido explorados por tanto anos (e ainda estarmos sendo, olha o exemplo do Nióbio), e ter de ficar pagando caro pras construtoras internacionais construirem uma Usina onde os ricos vão continuar tirando mais proveito e que levará a uma desigualdade maior. Tinha de se equilibrar e esquecer um pouco do lucro financeiro e focar no lucro social pra os cidadãos.

      Ah, empresas sem lucro nos EUA são isentas de impostos, assim que os ricos estão fugindo da crise e da revolta do povo.

  11. A credibilidade desse órgão pode ser mensurado por simples pesquisas no google, principalmente sobre ABIN PARÁ TORTURADORES MAGNO JOSE BORGES ARMANDO DIAS HABITUAL CORTADOR DE MAOS E CABECAS FALSIFICACAO DE CERTIDOES DE TEMPO DE SERVICO OSSADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*


Últimas notícias

Banzeiro, o novo podcast do Movimento Xingu Vivo

A partir de julho de 2020, o Movimento Xingu Vivo para Sempre passa a produzir o podcast Banzeiro, para falar de coisas...

Podcast BANZEIRO

A partir de julho de 2020, o Movimento Xingu Vivo para Sempre passa a produzir o podcast Banzeiro, para falar de coisas importantes para...

Projeto Belo Sun coloca Amazônia brasileira em risco de contaminação

ISA - Uma avaliação técnica concluiu que a mina de ouro que a empresa canadense Belo Sun Mining pretende instalar na Volta...

Debate Amazônia em conflito: quem põe preço e quem dá valor – a disputa entre os predadores e os povos da floresta

A Amazônia sempre esteve em disputa entre os que a parasitam e aqueles que nasceram nos territórios e deles vivem. Há...