Início Notícias Efeitos da liminar contra greve em Belo Monte são suspensos até dia...

Efeitos da liminar contra greve em Belo Monte são suspensos até dia 1º

A liminar da Justiça que declarou a greve de operários na usina hidrelétrica Belo Monte ilegal teve seus efeitos suspensos até o dia 1º de maio, segundo documento da audiência conciliatória que ocorreu na Vara do Trabalho de Altamira nesta quinta-feira (Terra, 26.04.2012).

A liminar que tinha sido concedida ao Consórcio Construtor Belo Monte contra o sindicato dos trabalhadores, o Sintrapav, na quarta-feira, estabalecia uma multa de R$ 200 mil por dia de greve, mas os operários mantiveram a paralisação.

O pedido da suspensão dos efeitos da liminar foi aceita, depois que o Sintrapav pediu o prazo de até segunda-feira (30) para mobilizar os operários acerca do retorno ao trabalho, segundo o termo da audiência assinada pelo juiz federal Luis Antonio Nobre de Brito. A suspensão foi aceita “até para a tentativa de celebração de acordo”, sob a condição de que a liminar “esteja restabelecida no dia seguinte (2 de maio), com efeitos retroativos à data de sua concessão, na hipótese de os trabalhadores não retornarem às suas atividades”, diz o texto da ata.

O Sintrapav disse mais cedo que tentaria derrubar a liminar que declarou a greve como ilegal e manteve um bloqueio na localidade denominada Travessão 27 da Transamazônica, que dá acesso a unidades de obra da usina. O diretor do sindicato, Roginel Gobbo, disse à Reuters que o sindicato estava realizando “um filtro” na entrada da obra e que trabalhadores de serviços especiais continuavam em atividade.

Na quarta-feira, o Tribunal Regional do Trabalho da 8a Região declarou ilegal a greve em Belo Monte e, em outra decisão, na Vara do Trabalho de Altamira, também proibiu o sindicato de realizar bloqueio na estrada de acesso às obras.A greve começou na segunda-feira (23), após os trabalhadores não conseguirem reduzir o tempo entre os recessos para visitar as famílias (baixada) e nem o aumento do vale alimentação, conforme pedido, de R$ 95 para cerca de R$ 300.

A usina hidrelétrica Belo Monte está sendo construída no rio Xingu, em Altamira (PA), e terá cerca de 11 mil megawatts (MW) de potência instalada quando estiver concluída. A entrada em operação está prevista para 2015.A empresa Norte Energia é responsável pela usina e tem entre os acionistas Eletrobras, Cemig e Light, além de Neonergia, Petros, Funcef, entre outras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*


Últimas notícias

Belo Monte aumentou emissões de gases-estufa no Xingu em cerca de 3 vezes, diz estudo

Por Folha de São Paulo - Cercada de críticas desde o início do seu projeto, a usina hidrelétrica de Belo Monte gerou...

Justiça cancela acordo do Ibama com a Norte Energia sobre uso da água da Volta Grande do Xingu

Por MPF - A Justiça Federal cancelou o termo de compromisso entre o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) e a...

Punição para a cadeia de culpados pela violência contra a nação Munduruku

Esta quarta, 26 de maio, foi um dia terrível. Criminosos ligados ao garimpo que invade, destrói, empesteia e mata no território Munduruku,...

Garimpeiros atacam e incendeiam aldeia de liderança Munduruku contrária ao garimpo no Tapajós (PA)

Do MPF - Um grupo de garimpeiros armados atacou nesta quarta-feira (26), no início da tarde, a aldeia Fazenda Tapajós, em...