Início Notícias Ibama recomenda multa em Belo Monte

Ibama recomenda multa em Belo Monte

(O Globo, 22.08.2013) – BRASÍLIA – Uma equipe do Ibama foi surpreendida em novembro [de 2012] ao visitar Belo Monte e ver instalados postes e fios para fornecer energia aos canteiros de obra, sem que esses tivessem sido autorizados pelo órgão. No relatório de avaliação socioambiental da instalação da maior hidrelétrica do país, a área técnica do Ibama recomenda penalização do grupo Norte Energia, responsável pela usina.

Essa ligação, regularizada em maio segundo a empresa, pode resultar em nova multa, além dos R$ 7 milhões já aplicados em julho pelo Ibama à Norte Energia, por descumprimento de condicionantes.

Motivado por representação do Instituto Socioambiental, o Ministério Público Federal no Pará abriu procedimento para colher informações com a Norte Energia e a Centrais Elétricas do Pará (Celpa) sobre a construção das linhas de transmissão “expressamente bloqueadas pelo Ibama”.

Parte da linha de transmissão de 34,5 kV foi instalada pela Celpa, com autorização da Secretaria de Meio Ambiente do Pará. Procurada, a Celpa informa que a Norte Energia atendeu às condições para instalar a linha e que a responsabilidade pela situação junto a órgãos ambientais é do consórcio Belo Monte. Em relatório ao Ibama, a Norte Energia informou que a Celpa instalou essa parte da linha por interesse próprio, “para escoar energia para as futuras localidades que eventualmente se instalarão ao longo da Transamazônica”.

Ao GLOBO, a Norte Energia ressaltou que outra parte da rede de 34,5 kV da própria empresa instalada para suprir os canteiros será usada pela Celpa, por meio de doação, para abastecer famílias de agricultores no entorno de Belo Monte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*


Últimas notícias

Um balanço da situação da Amazônia sob Bolsonaro em tempos da Covid 19

Por Rosa AcevedoNesse momento, alguém morre e será enterrado como mais uma nova vítima da COVID 19 na Amazônia. Milhões sentem os...

Protesto contra Norte Energia na Transamazônica termina com demandas enviadas ao MPF

Depois de cinco dias de ocupação e trancamento da Transamazônica na altura do km 27, a manifestação de pescadores, ribeirinhos, agricultores e...

Amazon Communities Protest to Maintain the Xingu River Alive

Foto: Lilo Clareto This Monday morning (11/09), over 150 representatives of fishermen, riverbank communities, family farmers and the...

Comunidades de 5 municípios trancam a Transamazônica por liberação de água no Xingu

Na manhã desta segunda, 9, cerca de 150 pescadores, ribeirinhos, pequenos agricultores e indígenas Curuaya e Xipaya dos municípios de Altamira, Senador...