Nota de pesar e solidariedade: José Carlos Arara encantou

0
227

O Movimento Xingu Vivo para Sempre expressa a todas e todos, especialmente aos indígenas do Médio Xingu, extremo pesar pelo falecimento de José Carlos Arara, líder do Povo Indígena Arara da Volta Grande do Xingu –  Terra Indígena Terrã Wãgã – contígua ao barramento de Pimental, no Complexo Hidrelétrico Belo Monte, Amazônia Brasil.

José Carlos Arara faleceu nesta terça, 9 de junho, vítima do Covid 19. Como líder de seu povo, lutou bravamente pelo reconhecimento  de sua terra. Do alto dos pedrais do Xingu, unia a sua aldeia contra os invasores de seu território, ainda hoje – uma década após o licenciamento de Belo Monte – invadido por mais de 200 famílias. Ambos, índios e invasores, vítimas do cruel projeto de desenvolvimento assentado na violência e na dor.

Ameaçado de morte, ao longo desta luta (inglória?), sucumbe à tormenta do COVID-19. Tormenta durante a qual choramos a cada dia a morte de um guerreiro indígena, muitos deles guardiães da cultura e da sabedoria de seus Povos.

Até quando? Brademos ao Povo Brasileiro, aos Povos originários do Mundo, LUTEMOS!

Lutemos pelas águas e pela vida do Xingu!

Lutemos contra o suicídio ecológico e o genocídio indígena e de ribeirinhos!

Altamira, 10 de junho de 2020

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*